Certificado SSL – O que e? Para que serve? Como funciona?

Agora vamos esclarecer alguns pontos relacionados ao Certificado SSL e seu funcionamento, tanto para o cliente quanto para a equipe que é responsável pelo gerenciamento da certificação.

O certificado SSL é composto por chaves que permitem diversos tipos de criptografia. Estas criptografias diferentes são configuradas para que você possa ter um certificado em diferentes plataformas, como Linux e Windows e não precisar emitir um certificado para cada plataforma.

Leia Também:
Como ativar HTTPS e/ou certificado SSL em Blogs no Blogger 
► Como ativar HTTPS ou Certificado SSL grátis no WordPress?

 

 Quais são os benefícios do Certificado SSL?

 

Oferecer segurança de dados

► Como citado acima, esse é o motivo principal pelo qual o certificado costuma ser ativado. Além da já citada proteção à troca de dados, o SSL ajuda a evitar a prática de phishing. Esse cybercrime acontece quando hackers enviam emails a clientes de determinada empresa imitando comunicações oficiais. Existem duas possíveis formas de ataque: criminosos podem incluir um link no email para seus próprios websites (tentando passar-se pelo oficial) ou podem utilizar o próprio site da empresa oficial como meio para copiar as informações trocadas durante a transação (com um criminoso acompanhando a comunicação). Nos dois casos citados, o SSL pode proteger tanto o cliente quanto a empresa atacada.

Aumentar a relação de confiança

Muitos usuários da web já sabem a importância do SSL; mesmo não o conhecendo pelo nome, muitas pessoas conseguem reconhecer os sinais visuais de um site seguro. Os sinais são vários: o seu endereço web utiliza um “s” a mais no início, passando de http para https. Além disso, quem estiver navegando pode identificar outros sinais, como o símbolo de um cadeado, a cor verde na barra de endereços e um selo de site seguro. Esses sinais comunicam respeito à privacidade e cuidado com os dados de navegação de quem visita seu site, promovendo confiança e estreitando laços com seu público.

Oferecer opção de pagamento com cartão de crédito

Se você tem um negócio cuja forma de pagamento é online, o SSL é recurso indispensável para que você consiga oferecer mais opções de pagamento aos seus clientes. De acordo com uma pesquisa divulgada pela Paypal, mais de 80% dos usuários utilizam cartões de crédito para pagar suas compras online com segurança.Além de o uso do cartão de crédito proporcionar acesso a pagamento parcelado e sem juros, existe uma segurança inerente associada ao seu uso. Porém, a maioria das operadoras de crédito solicitam o certificado SSL instalado no site para que seja possível integrar seus sistemas e oferecer esse método.

Otimizar SEO

São muitos os fatores de ranqueamento que aparecem no algoritmo do Google.  Desde 2014, o SSL foi anunciado como um dos sinais que beneficiam o posicionamento dos sites. Esse anúncio oficial veio com a promessa da expansão desse fator ao longo do tempo, com a explicação de que naquele momento seria um benefício leve “ganhando um peso menor do que outros fatores, como a qualidade do conteúdo”. Para ter seu site com SSL aparecendo nas buscas, é bem importante tomar certos cuidados, como não bloquear seu site da indexação através do arquivo robots.txt e permitir a indexação de páginas sempre que possível, evitando a tag noindex no seu código.

Dados Analytics mais apurados

Sites que não usam https perdem dados sobre o tráfego que recebem. Se um site que utiliza navegação segura usa um link de referência para um site não seguro, as ferramentas de análise (como o Google Analytics) irão mostrá-lo como um acesso direto, ou seja, como se alguém tivesse digitado o site na barra de endereços. Isso acontece porque sites http não podem receber dados de referência a partir de sites https. Felizmente, o contrário não é verdade. Se você tem um site que utiliza certificado SSL, você será capaz de ver esses dados de referência, não importando se os visitantes vêm de um site seguro ou não.

A instalação é fácil e gratuita

O uso do SSL foi democratizado graças a uma iniciativa chamada Let’s Encrypt. Esse movimento promove o certificado SSL gratuito e open source, sendo utilizado por 3,8 milhões de sites em todo mundo e apoiado por empresas como Mozilla, Facebook e Cisco. Além de gratuito, a KingHost, empresa de hospedagem brasileira, integrou a sua instalação ao painel de controle, inclusive para clientes da hospedagem compartilhada. Sendo assim, o uso do SSL, que antes era associado a custos com implementação e manutenção, hoje está facilmente acessível.

Características do Let’s Encrypt:

  • Um software livre que pode ser instalado em todos os domínios;
  • Instalação facilitada via painel de controle;
  • Renovação automática;
  • Utiliza altos padrões de segurança em sua criptografia;
  • Funciona sem a necessidade de IP dedicado;
  • É compatível com os principais navegadores do mercado.

Conclusão

O uso adequado de tecnologias de segurança pode fortalecer a confiança de seus clientes em sua marca. Entre outras razões práticas, o uso do certificado SSL certamente ganhou espaço e foi impulsionado graças ao projeto Let’s Encrypt. Não perca a oportunidade de utilizar um serviço gratuito e com muitas vantagens que podem ser utilizadas em favor do seu negócio. Para quem possui site em WordPress, visando otimização e resultados, existe um plano especial em que o SSL já vem ativado junto ao plano de hospedagem.

►  Proteger o acesso ao site e/ou aplicação ou à parte do site ou aplicação. O SSL realiza a criptografia dos dados entre a pessoa que está acessando e o servidor que esta sendo acessado.

►  O cliente ganha uma camada de segurança que permite que a conexão ao seu site, aplicativo ou sistema seja criptografada, e esta forte criptografia fornece para o usuário a segurança de que seus dados não possam ser lidos por terceiros enquanto acessa o site e troca dados. Por exemplo: páginas de login que contam com a criptografia, dificultam a captura e leitura dos dados ali inseridos, assim, terceiros não terão acesso às contas dos usuários.

– Qual é a diferença entre o certificado compartilhado e o certificado próprio?

# O Certificado compartilhada é de responsabilidade da empresa de hospedagem. Ele é fornecido aos clientes através de nossa estrutura de domínio wildcard e utiliza uma criptografia de alto nível. Devido às configurações utilizadas às empresas que Avaliam o Certificado, demonstram alta confiabilidade no mesmo.

# O Certificado Privado é de Responsabilidade do Proprietário, então é de responsabilidade do cliente fazer qualquer tipo de ajustes no certificado, além de fazer a renovação do mesmo.

, , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *