Como planejar o marketing de conteúdo?
Agência Digital HGX - Criação de Sites e Marketing Digital

Como planejar o marketing de conteúdo?

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram

Busque no Site, clique na Lupa abaixo

Estratégias de marketing são fundamentais para acelerar o crescimento de seu negócio ou criar uma forte identidade para sua marca. Dentre essas estratégias, o marketing de conteúdo se destaca, em vista dos resultados poderosos e significativos que proporciona.

Marketing de conteúdo é a produção de conteúdo disponibilizada em canais digitais, que tem o objetivo de ensinar, encantar e atrair uma audiência qualificada, que se tornará cliente fiel do seu produto ou serviço. Mas você talvez se pergunte: Como planejar o plano de marketing para ecommerce para minha marca?

Nesse artigo você vai aprender passo a passo como criar estratégias de marketing de conteúdo relevantes, de acordo com seu nicho de mercado. Confira também orientações práticas sobre como usar bem os canais digitais para disponibilizar conteúdo, de acordo com o seu propósito.

Como Planejar O Marketing De Conteúdo
 

Sobre o marketing de conteúdo

Ao avaliar como planejar o marketing de conteúdo, é importante entender o que está envolvido na produção de conteúdo online. Veja mais sobre isso a seguir.

O que é o marketing de conteúdo?

Fazer marketing de conteúdo significa produzir e tornar disponíveis conteúdos relevantes através de plataformas digitais, de forma a alcançar e conquistar um público-alvo específico, que são potenciais clientes daquele produto ou serviço. Oferecer esse conteúdo permite uma aproximação maior e constrói a confiança da sua audiência, gerando resultados em vendas e o crescimento do seu negócio.

Por que é importante investir no marketing de conteúdo?

Visto que hoje em dia os canais digitais são tão acessíveis, a maioria das pessoas usa a internet para pesquisar mais sobre  produtos ou serviços. Assim, criar um bom conteúdo, que atraia, conquiste a confiança e leve à decisão de compra é o melhor caminho para o crescimento sólido da sua marca. Aprender como planejar o marketing de conteúdo é o melhor caminho para um crescimento sólido do seu negócio a médio e longo prazo.

Como a metodologia inbound te ajuda?

Usar a metodologia inbound pode te ajudar a atrair e conquistar o seu público-alvo de maneira sutil, visto que não é uma propaganda agressiva e direta. O Inbound Marketing tem objetivos específicos em cada tipo de conteúdo, de modo a oferecer algo que realmente atraia um público específico, que de fato tenha interesse naquele assunto e seja um cliente em potencial.

A metodologia inbound, ou Inbound Marketing, tem 4 pilares: atrair, converter, vender e encantar. Assim, o primeiro passo é produzir um conteúdo que atraia um potencial cliente. Daí, uma vez que essa pessoa se interessa naquele conteúdo postado em seu site, blog ou rede social, você precisa continuar trabalhando passo a passo até que ele seja convencido de maneira natural a adquirir seu produto ou serviço. Mas como planejar o marketing de conteúdo passo a passo? Confira a seguir.

Como planejar o marketing de conteúdo e dicas

Ao aprender como planejar o marketing de conteúdo, é essencial ter em mente cada passo da estratégia, visto que a produção de um conteúdo adequado envolve vários aspectos. A seguir, confira dicas práticas que te ajudarão nesse processo.

Analise profundamente a sua marca

O conceito de uma marca é a sua identidade. Por isso, ao aprender como planejar o marketing de conteúdo, você precisa analisar sua marca a fundo. É vital se perguntar: Qual é o diferencial do meu produto ou serviço? O que espero transmitir? Qual o meu posicionamento no mercado e o meu propósito? A partir daí você poderá estabelecer objetivos e metas, focando na  produção de conteúdos que realmente representem sua marca da maneira mais apropriada.

A produção de conteúdo online tem o poder de influenciar muito na maneira como o público-alvo enxerga a sua empresa, por isso a linguagem utilizada nesses conteúdos precisa estar alinhada ao que você deseja transmitir. Ter essa visão o ajudará a ter sucesso em suas estratégias.

Crie sua persona

Persona é a representação semifictícia do cliente ideal de um negócio. A persona reúne características que a tornam um potencial consumidor do seu produto ou serviço. Dessa forma, para que você possa conhecer a sua persona é preciso estudar seus clientes, observando quais são as características similares entre eles, tais como idade, hábitos, estilo de vida, profissão, etc.

Vamos ver um exemplo. Imagine que você tenha um negócio relacionado à estética, com foco na aplicação de botox e preenchimentos. Ao observar e entrevistar clientes, você consegue formar a seguinte persona: Carla (escolha um nome fictício), diretora comercial de 47 anos, que trabalha em período integral, gosta de sair aos finais de semana, tendo uma vida social agitada, por isso ela busca com frequência tratamentos estéticos para se sentir mais bonita e evitar o envelhecimento. Ela quer soluções eficientes para retirar rugas e linhas de expressão, de maneira proporcional, com um efeito natural. Ela gosta muito de pesquisar sobre tratamentos de beleza na internet, sempre em busca de novidades que tragam os melhores resultados.

Essa descrição detalhada do cliente ideal possibilita que você produza o tipo de conteúdo certo e com a linguagem mais adequada para atrair exatamente esse perfil. Daí, você poderá ter em mente como dar sequência a esse contato, focando em como planejar o marketing de conteúdo de maneira mais apropriada.

Veja quem é seu público alvo

Público-alvo é um pouco diferente de persona. O  público-alvo é uma definição mais ampla do grupo de consumidores que você deseja alcançar. Para obter essas informações sobre seu cliente em potencial, é necessário que você faça pesquisas direcionadas para criar seu perfil de cliente ideal a partir de características semelhantes, que podem influenciar nas decisões de consumo, como idade, gênero, escolaridade, profissão, etc.

Como exemplo, imagine que você venda uma linha de alimentos orgânicos e veganos. Seu público-alvo poderia ser esse: Homens e mulheres, de 20 a 45 anos, casados ou solteiros, brasileiros, residentes na região sul e sudeste do Brasil, com renda aproximada de R$ 5 a R$ 20 mil, ensino superior completo, veganos, preocupados com alimentação, saúde e com os direitos dos animais, que buscam a melhor alimentação, de acordo com seus princípios. Com base nessas informações, você poderá avaliar como planejar o marketing de conteúdo de modo a atrair esse público-alvo específico.

Estabeleça suas metas

Estabelecer para si metas e objetivos é fundamental ao analisar como planejar o marketing de conteúdo. Isso direciona e dá sentido ao seu trabalho  Algumas dessas metas e objetivos podem ser: aumentar a visibilidade da sua marca, usar uma linguagem mais próxima do seu público-alvo, usar novos canais digitais para distribuição do conteúdo, aumentar as vendas, construir uma audiência, dentre outros.

Anote essas metas e trabalhe com foco para alcançá-las. Se você mantiver a disciplina e o foco ao buscar alcançar suas metas e objetivos, o resultado será muito satisfatório.

Crie uma rotina de publicações

Ao aprender como planejar o marketing de conteúdo é imprescindível ter uma boa organização, para que a produção de conteúdo seja regular. Para que uma estratégia de marketing de conteúdo dê resultados, é necessário constância. O seu público-alvo precisa se lembrar da sua marca, recebendo seu conteúdo com frequência. Se não for assim, ele dificilmente vai se encantar pelo seu produto ou negócio ao ponto de tomar uma decisão de compra.

Dessa forma, a melhor sugestão é um calendário de criação de conteúdo, que deve ser adequado às suas possibilidades. Primeiro defina quantas postagens, ebooks, vídeos ou outros conteúdos você acha necessário produzir e postar toda semana para desenvolver sua estratégia. Separe também um tempo específico para produzir esses conteúdos com calma e total atenção. E se for postar em redes sociais, aproveite as ferramentas de agendamento de postagens para otimizar seu tempo e garantir a regularidade de entrega do seu conteúdo.

Otimize o seu conteúdo

Se você deseja aprender de modo pleno a como planejar o marketing de conteúdo, é essencial saber como fazer uma otimização do seu conteúdo, visto que isso é essencial para ter maior visibilidade nas plataformas digitais. A otimização dos mecanismos de busca, também conhecida como SEO, é uma das melhores formas de ajudar o seu conteúdo a ser encontrado.

Usar SEO significa usar técnicas e ferramentas que facilitam com que seu conteúdo seja priorizado em mecanismos de busca, como o Google. Visto que a maioria das pessoas procura informações e respostas para suas dúvidas através de pesquisas online, usar as técnicas de SEO ajuda muito para que seu conteúdo apareça entre os primeiros resultados de busca, que geralmente são os mais acessados. Assim seu conteúdo se torna muito mais visível, gerando ótimos resultados. Algumas estratégias de SEO são o uso de palavras-chaves, organização das heading tags, otimização on-page e off-page, etc.

Promova seu conteúdo

Quando você ainda está aprendendo como planejar o marketing de conteúdo, pode ser muito útil promover seu material. Embora as estratégias de SEO sejam muito eficazes, elas geralmente necessitam de um certo tempo para começar a dar resultados maiores. Aí entram as publicidades pagas, que são uma excelente maneira de mostrar seu negócio para um número expressivo de pessoas, dentro do seu público alvo.

Se você dispõe de um orçamento para marketing, é sábio investir em publicidades pagas. Mas lembre-se de usar esse tipo de publicidade apenas nos canais mais utilizados pelo seu público-alvo, como Instagram, Google, Youtube, etc. E nunca deixe de lado as suas estratégias de marketing de conteúdo, porque elas trarão um resultado de maior alcance com o tempo. Além disso, saiba que é essencial ter ótimos equipamentos para gerenciar seus conteúdos, portanto, não deixe de conferir os Melhores Notebooks de 2022.

Mensure os resultados

Para aprender como planejar o marketing de conteúdo, é vital mensurar corretamente os resultados. Isso é importante porque ajuda a direcionar seu trabalho, avaliando se as estratégias aplicadas até o momento estão dando resultados e o que pode ser modificado.

Alguns dados que devem ser mensurados são: número de seguidores, número de leads, taxas de engajamento, cliques e conversão, dentre outros aspectos. Analisar essas informações o ajudará a seguir com estratégias que estão dando certo ou melhorar certos pontos. É importante ressaltar que é preciso focar em métricas de análise que funcionam para a sua marca, dentro do seu nicho de mercado.

Faça o levantamento de palavras-chave

Palavras-chave (keyword) são as palavras, ou frases, mais procuradas nos mecanismos de busca. De modo que, quando você coloca essas palavras em pontos estratégicos do seu texto, os mecanismos de buscas conseguem “ler” essa informação, e mostram seu conteúdo para as pessoas nos primeiros resultados.

Existem vários sites que oferecem informações a respeito das palavras-chave que estão sendo mais buscadas, de acordo com o nicho. Assim, ao pensar em como planejar o marketing de conteúdo é interessante procurar por palavras-chave nesses sites.

Utilize ferramentas de marketing de conteúdo

Há ferramentas que podem te ajudar muito no gerenciamento dos seus conteúdos, auxiliando para que você saiba como planejar o marketing de conteúdo da maneira mais certeira possível. Observe algumas delas.

Ferramentas para blog: Essas ferramentas são específicas para gerenciamento de blogs. Elas permitem que você crie uma boa estrutura de navegação, gerencie os comentários e  altere o layout da página, que são funções importantes para que seu blog tenha uma boa navegação. Além disso, essas ferramentas permitem o monitoramento de dados como número de visitantes, perfil, etc. Uma das ferramentas mais conhecidas que você poderá usar é o WordPress, que possui todas essas funcionalidades mencionadas, sendo prático e muito útil.

Ferramentas para SEO: Essas ferramentas fazem a pesquisa de palavras-chave relacionadas a qualquer termo, avaliando o potencial de rankeamento dessa palavra. Algumas das ferramentas mais usadas para fazer essa busca são: SemRush, Google Trends, Ubersuggest, etc. Algumas ferramentas de SEO também permitem que seu conteúdo seja avaliado seguindo padrões de SEO pré-definidos pela plataforma, aumentando muito as chances de uma boa colocação nos resultados de pesquisa.

Ferramentas para mídias sociais:  Essas ferramentas permitem um gerenciamento completo das suas redes sociais, como o agendamento de postagens e a análise de métricas diversas, como alcance e engajamento da audiência. Algumas delas são Hootsuite, Buffer e Postfity, que auxiliam muito na organização, postagem e análise de resultados em redes sociais.

Ferramentas de automação: Esse tipo de ferramenta auxilia bastante na organização e gerenciamento de conteúdo focado em leads (clientes em potencial), como envio de email marketing, segmentação, na criação de fluxos, etc. Algumas ferramentas bastante usadas nesse segmento são: Hubspot, RD Station e MailChimp.

Ferramentas de monitoramento: Essas ferramentas são específicas para análise de resultados, trazendo dados atualizados, de acordo com a fonte de tráfego. Algumas das informações fornecidas por esse tipo de ferramenta são: números por tráfego do seu blog ou site, tráfego vindo de email, tráfego vindo do orgânico (postagens que não são publicidade paga) e tráfego de redes sociais. Algumas ferramentas bastante usadas para monitoramento são Google Analytics e Power BI.

Além disso, equipamentos também são necessários para trabalhar com marketing de conteúdo, sempre tenha um bom celular com você para conferir os posts e conteúdos produzidos na versão mobile, pois a maior parte dos usuários irão acessar pelo celular.

Diminui o custo de aquisição de cliente

Ao analisar como planejar o marketing de conteúdo, é importante ter consciência de que uma boa estratégia nesse sentido pode reduzir sensivelmente os seus custos. Quando o marketing de conteúdo realmente dá resultados, é possível diminuir de maneira considerável o custo de aquisição de clientes (CAC). O CAC de sua empresa determina qual é o valor investido nas áreas de Marketing e Vendas, com o objetivo de conseguir novos clientes.

Visto que aplicar uma boa estratégia de marketing de conteúdo envolve a criação de muito conteúdo orgânico, com técnicas de ranqueamento bem direcionados à sua persona, o resultado é um custo de aquisição de cliente bem mais baixo do que seria por meio de anúncios pagos tradicionais. De maneira que, usar corretamente as estratégias de marketing de conteúdo torna seu negócio mais sustentável a longo prazo, sem a necessidade de tanto investimento pago em marketing.

Melhora a visibilidade da empresa

Conteúdos bem produzidos, atrativos e constantes podem melhorar de maneira muito eficaz a visibilidade de sua empresa. Ao passo que cada vez mais pessoas têm contato com os conteúdos que você produz, através de mídias digitais, sua marca se torna mais conhecida e reconhecida entre as pessoas que formam seu público-alvo.

Essa exposição constante cria um hábito, e consequentemente aproximação. O seu potencial cliente aprende com suas dicas e orientações e cria empatia por sua marca. A probabilidade dessa pessoa escolher o seu produto ou serviço é muito maior, visto que existe essa identificação. Por isso é tão necessário aprender a como planejar o marketing de conteúdo de um modo que atraia e encante a sua audiência.

Impulsiona a geração de leads

Leads são os clientes em potencial que já interagiram com sua marca de alguma forma, que se inscreveram para receber conteúdos exclusivos, para participar em uma jornada de imersão ou por outros meios. Uma estratégia bem feita de marketing de conteúdo pode impulsionar bastante a geração de novos leads.

Se a estratégia for bem acertada, isso acontece de modo bem natural. Daí você e/ou sua equipe podem enviar conteúdos mais específicos, levando por fim à decisão de compra. Além disso, uma estratégia sólida continuará trazendo resultados a longo prazo.

Seja objetivo e claro nas informações

Ser objetivo é vital ao pensar em como planejar o marketing de conteúdo. A sua mensagem precisa ser transmitida de maneira simples e clara, de um modo fácil de entender e de lembrar. Além disso, a linguagem usada em suas várias formas de conteúdo, seja em vídeo, áudio ou texto, precisa estar alinhada ao seu público-alvo.

Para conversar de maneira eficiente com essa audiência é necessário conhecer bem a forma de comunicação do seu público-alvo. Em seu conteúdo, evite ser muito repetitivo ou dar muitas voltas em um assunto. Uma comunicação clara e objetiva sempre traz os melhores resultados possíveis.

Procure saber os feedbacks

Outra dica que ajuda muito ao analisar como planejar o marketing de conteúdo é buscar saber quais são os feedbacks sobre o conteúdo que você produz. Procure saber o que as pessoas pensam sobre aqueles conteúdos que você está criando.

Poderá fazer isso por ler com atenção todos os comentários que recebe, em redes sociais , blog ou site, e também por estar atento aos feedbacks que recebe por e-mail ou chat. Observar essas informações o ajudará a ajustar certos pontos em sua estratégia, para realmente conquistar a atenção e confiança do seu público-alvo.

Quais as vantagens de investir em marketing de conteúdo

Aprender a como planejar o marketing de conteúdo traz excelentes vantagens para sua marca ou negócio. Confira a seguir quais são as principais vantagens que você pode obter ao aplicar boas estratégias de marketing de conteúdo.

Diminui o custo de marketing

Como já foi falado, o marketing de conteúdo é planejado e direcionado visando um público-alvo específico. Já os anúncios em outras mídias (como TV, rádio, outdoor) usam uma forma de comunicação bem mais ampla, que geralmente tem maior dificuldade para alcançar o público-alvo correto da marca.

Dessa forma, o investimento que seria gasto com publicidade através desses meios tradicionais pode ser redirecionado para outras áreas da empresa, resultando em um crescimento ainda mais sólido. Assim, ao analisar como planejar o marketing de conteúdo, é importante lembrar disso.

Aumenta a quantidade de visualizações do site

Se você tem um blog ou um site, investir no marketing de conteúdo pode ajudar a aumentar muito a quantidade de acessos que você recebe. Usar estratégias de marketing de conteúdo em sites e blogs tem resultados muito positivos em diversos segmentos.

Também, ao pensar em como planejar o marketing de conteúdo para seu site ou blog, tenha em mente a necessidade de usar técnicas de SEO, que são cruciais para fazer com que esse conteúdo seja mostrado para mais pessoas. Dessa forma, a possibilidade das suas postagens aparecerem nos primeiros resultados em pesquisas é muito grande.

Mostra para seu público como seu negócio ou produto funciona

Ao aprender a como planejar o marketing de conteúdo lembre-se sempre de que essa estratégia educa o público alvo. A produção de conteúdo permite uma conversa amigável e direta, através de conteúdo escrito, em vídeo, em áudio, etc.

Isso dá o espaço necessário para que você mostre como seu negócio ou produto funciona e quais benefícios a pessoa terá ao adquirir essa solução. Além disso, através de um conteúdo bem produzido é possível apontar as melhores soluções para as dores relacionadas àquele assunto e corrigir idéias ou expectativas erradas que muitos têm em relação àquele produto ou serviço. Dessa forma ocorre uma aproximação entre seu negócio e o público-alvo em questão.

O destaque da empresa aumenta

Uma estratégia eficaz de marketing de conteúdo vai melhorar significativamente o destaque de sua empresa. À medida que você ganha espaço entre seu público, sua empresa ganha autoridade no mercado, e com o tempo sua marca vai se tornando referência.

Tudo isso colabora com o crescimento em vendas e faturamento do seu negócio. Assim, ao pensar em como planejar o marketing de conteúdo, tenha em mente que esse trabalho de construção resultará em uma empresa mais sólida a longo prazo.

Fortalece a produção de leads

Quando o conteúdo é realmente atrativo, é mais fácil aumentar o número de leads em sua base de dados, como e-mails e whatsapp. Depois dessa atração inicial você consegue continuar trabalhando esse lead, com conteúdo cada vez mais interessante, usando técnicas de Inbound Marketing, até fechar efetivamente uma venda. Além disso, o marketing de conteúdo vai te ajudar na fidelização total desse cliente.

Aumento de vendas e serviços

É possível ter um aumento expressivo nas vendas ao utilizar estratégias de marketing de conteúdo. Isso ocorre porque conteúdos bem direcionados geram atração, encantamento e identificação do seu público-alvo, e por fim levam ao fechamento da venda.

Até mesmo os conteúdos focados em atrair a atenção ajudam muito na retenção daquela pessoa em sua base, para uma posterior captação de lead. E cada lead que é obtido através do marketing de conteúdo é valioso.

Reforça a imagem da marca

Através da produção de conteúdos valiosos é possível trazer mais pessoas para perto do seu negócio. O contrário também é verdade, uma produção de conteúdo inadequada pode afastar clientes.

Por isso, ao analisar como planejar o Marketing de conteúdo, é importante que você tenha em mente a necessidade de vender bem a imagem da sua marca. Em seus conteúdos, fale da origem de sua marca e dos seus propósitos, de modo a despertar identificação com a  sua persona. Além disso, tenha cuidado ao abordar assuntos sensíveis ou polêmicos, para não afastar possíveis clientes. Dessa forma sua marca terá a imagem que você deseja passar.

Mais clientes fixos

Usar marketing de conteúdo torna bem mais fácil fidelizar o cliente, visto que ele se sente mais próximo de você, aprendendo com seu conteúdo e tendo suas dúvidas respondidas. Daí, quando ele efetiva a venda, ele já está em um nível de aproximação bem maior.

Dessa forma, é mais provável que esse cliente se sinta satisfeito após a compra e se torne um cliente fixo, ou recorrente. Isso aumenta o lifetime-value, que é o valor total gasto por um cliente em sua empresa. A possibilidade do cliente consumir mais é grande, visto que ele confia na sua marca.

Funil de vendas e como ele te ajuda no marketing de conteúdo

Ao aprender como planejar o marketing de conteúdo é fundamental conhecer bem o funil de vendas. Esse funil é uma forma de ilustrar todo o processo de venda de um produto ou serviço, através de conteúdos online. O funil de vendas mostra todo esse processo desde o primeiro contato até o momento da venda. Veja mais sobre cada aspecto do funil de vendas.

Conteúdo para topo do funil

O topo de um funil é bem maior. Assim ele ilustra bem a etapa inicial, de atração, em que as pessoas têm os primeiros contatos com a sua marca. Nesse estágio, a pessoa não está convencida do que quer, nem está procurando soluções para um problema, ela está apenas interessada em aprender mais sobre certo assunto.

O objetivo dos conteúdos para o topo do funil é atrair a atenção, ajudando a pessoa a se identificar com um problema ou dor relacionados àquele tema. Esse tipo de conteúdo precisa chamar a atenção da pessoa, para levá-la ao processo de venda.

Ao pensar em como planejar o marketing de conteúdo para o topo do funil, é importante lembrar que esse conteúdo precisa ser simples, envolvente e claro, visto que é direcionado para alcançar pessoas que ainda não conhecem sua marca. Também precisa incitar a curiosidade, para que seu público-alvo continue a consumir seus próximos conteúdos. Alguns exemplos de conteúdos para o topo do funil são posts de blog, posts em redes sociais, vídeos e ebooks.

Conteúdo para meio do funil

Visto que o meio do funil é mais afunilado, isso ilustra bem a etapa de reconhecimento e consideração em um processo de vendas. As pessoas que fazem parte da sua persona e estão no meio do funil já estão buscando a solução para um problema ou dor.

Visto que são necessários conteúdos mais profundos e direcionados na solução, materiais como ebooks de meio de funil, webinars gratuitos ou posts mais focados em soluções costumam trazer excelentes resultados.

Visto que nesse caso o público-alvo está decidido a buscar uma solução para seu problema, é mais fácil captar dados, como e-mail ou WhatsApp, através de formulários e landing-pages. Assim, ao avaliar como planejar o marketing de conteúdo, pense em quais conteúdos de meio de funil serão mais úteis, de acordo com sua estratégia.

Conteúdo para fundo do funil

O fundo do funil é a parte mais afunilada, ilustrando a etapa da decisão. Nesse ponto, a pessoa já está pensando em adquirir aquele produto ou serviço, avaliando opções e buscando informações para decidir qual produto ou serviço vai escolher. Assim, o conteúdo de fundo de funil precisa oferecer o produto ou serviço de maneira contundente e atrativa, ressaltando seus diferenciais.

Links que direcionam para páginas que oferecem descontos atraentes costumam funcionar muito para a conversão de vendas, bem como os chamados cases de sucesso, que são depoimentos de pessoas contando as experiências positivas que tiveram ao adquirir seu produto ou serviço. Se pessoas relacionadas ao seu público alvo contarem como sua empresa resolveu o problema dela, alguém no fundo do funil pode se identificar e efetuar a compra. De modo que você precisa buscar ideias de conteúdo desse tipo ao pensar em como planejar o marketing de conteúdo.

Conteúdo para o pós-venda

É muito importante produzir conteúdo pós-venda que fidelize seu cliente. O pós-venda é a etapa de retenção. Muitas vezes o cliente não volta a comprar devido à falta de atenção no processo de pós-venda. Ter estratégias de produção de conteúdo para o pós-venda é essencial para que o cliente se sinta satisfeito e seja fidelizado.

Por exemplo, você deve continuar se comunicando com seu cliente, de maneira amigável e descontraída, através de e-mail ou WhatsApp, oferecendo informações relevantes sobre o uso do produto ou serviço, como ebooks, podcasts, newsletter e outros conteúdos. Além disso, é interessante oferecer descontos especiais e planos vips.

Escolha onde irá publicar seu conteúdo

Agora é importante que você conheça um pouco mais sobre cada um dos principais canais de distribuição de conteúdo que você pode utilizar para ter resultados em suas estratégias. Confira a seguir.

Blog

Um blog oferece espaço atrativo e mais livre para que você publique diversos tipos de conteúdos, como texto, imagens, infográficos, links para vídeos e podcasts, dentre outros. Um blog também pode conter links que levem à páginas de captura de leads, as chamadas landing-pages.

Assim, ao pensar em como planejar o marketing de conteúdo, avalie a possibilidade de criar um blog com a cara da sua marca. Visto que o blog é de propriedade sua, você pode utilizar o espaço mais livremente, usando as estratégias que achar mais apropriadas para aumentar seu tráfego.

E-mail

Visto que o e-mail permite uma comunicação direta com o lead e tem baixo custo, é um dos melhores canais para distribuir conteúdo de valor. Outra vantagem da comunicação via e-mail é a possibilidade de saber se aquele conteúdo realmente foi entregue ao destinatário. Além disso, é possível utilizar ferramentas de monitoramento para descobrir quantas pessoas abriram e clicaram na sua mensagem.

O e-mail marketing é um dos canais com taxas mais altas de conversão em vendas, sendo essencial também na fidelização desses clientes. Dessa forma, ao avaliar como planejar o marketing de conteúdo, inclua estratégias focadas nesse canal.

Vídeos

Os vídeos tem se tornado altamente populares, visto que são materiais de grande impacto visual, prendendo a atenção. Outra vantagem do vídeo é a facilidade de alcançar o lado emocional da sua persona, visto que o sentido da visão influencia bastante nas decisões de compra. Além disso, os conteúdos em vídeo podem gerar mais identificação entre as pessoas que fazem parte do seu público-alvo e a sua marca.

É importante que você ou sua equipe façam vídeos breves, conversando com a audiência e dando dicas, de acordo com a etapa do funil de vendas. Sempre dê a devida atenção à qualidade de gravação e edição, para que seu vídeo tenha ampla aceitação. Procure otimizar a gravação para que ela possa ser acessada facilmente em vários tipos de dispositivos, como computadores, smartphones, tablets etc. De modo que esse é um ótimo canal de distribuição, em que vale a pena investir.

E-books

Ao avaliar como planejar o marketing de conteúdo, pense na criação de e-books. Os e-books são livros digitais que oferecem conteúdo rico e mais aprofundado sobre o assunto relacionado à sua marca ou produto. Os e-books podem ser produzidos para o topo ou meio de funil.

Se você usar e-books em seu processo de vendas, o leitor vai aprender algo valioso e útil, e ao mesmo tempo vai ficar mais curioso ainda sobre o assunto em questão. Isso prepara o cliente em potencial para os próximos passos do processo de vendas. Assim, criar bons e-books é uma estratégia muito acertada.

Redes sociais

Hoje em dia, as redes sociais são extremamente populares, e muitas pessoas gastam muitas horas do seu dia no Instagram, Facebook, Linkedin, Twitter, Tik Tok, etc. Assim, para que sua marca seja vista e lembrada é essencial que você produza conteúdo de valor para as redes sociais em que o seu público-alvo está inserido.

Algumas das vantagens dessas plataformas são a divulgação da sua marca, engajamento da sua audiência, viralização de conteúdos e oportunidades para vendas. De forma que, ao pensar em como planejar o marketing de conteúdo, avalie como você pode preparar conteúdos interessantes e com a linguagem adequada, para usar da melhor maneira essa  ferramenta de comunicação tão poderosa.

Compreenda melhor o marketing de conteúdo e como ele te ajuda em seu negócio!

Planejar e executar estratégias de marketing de conteúdo é fundamental para o crescimento do seu negócio, trazendo muitos benefícios. Pensar em como planejar o marketing de conteúdo e aplicar o planejamento possibilita que você alcance e conquiste sua persona, melhorando de maneira significativa a imagem de sua marca como autoridade no mercado. Se você usar uma boa estratégia e os canais de distribuição mais adequados, será possível realizar muitas vendas e fidelizar esses clientes.

Portanto, use com sabedoria as informações desse artigo, para que você possa estruturar seu planejamento focado em marketing de conteúdo e também colocar em prática essas dicas. Com empenho e foco você conseguirá produzir conteúdos cada vez melhores. Desse modo a sua marca será consolidada e seu negócio será um grande sucesso!

Últimas Novidades
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram