Americanas aposta no futuro com o conceito “pegou, levou”, sem checkout
Agência Digital HGX - Criação de Sites e Marketing Digital

Americanas aposta no futuro com a primeira loja autônoma do Brasil com o conceito “pegou, levou”, sem vendedores, sem fila e sem checkout!

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram

Busque no Site, clique na Lupa abaixo

A Americanas S.A. inaugurou nesta terça-feira, 23 de novembro, a primeira loja autônoma da Ame Go no Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro.  

Com o conceito “pegou, levou”, sem vendedores, sem fila e sem checkout, a loja tem produtos de primeira necessidade, como material de higiene, acessórios para celular e snacks. A loja será a primeira autônoma da companhia a operar em ambiente de alto fluxo.

Há dois anos a Americanas S.A. vem testando o modelo dentro de um condomínio e nos escritórios da empresa.

Dentro do espaço, são 32 câmeras que fazem uma biometria corporal do cliente que acabou de passar pela catraca com o aplicativo da Ame. Nas prateleiras, 242 balanças reconhecem quais produtos foram retirados.   

O valor das compras é debitado do aplicativo logo após a saída do cliente da loja, que não precisa fazer checkout. Toda a tecnologia parte de uma parceria com a startup americana Zippin, especializada em modelos autônomos.

A empresa aposta que a tecnologia de computer vision deve ficar mais eficiente conforme os clientes começarem a fazer compras. Isso porque ela é baseada em deep learning, uma complexificação da inteligência artificial que permite que a tecnologia “aprenda” com o tempo.

Neste momento, a Americanas pretende focar em apresentar essa tecnologia ao público para o consumidor brasileiro antes de abrir mais lojas da Ame Go.

Nos Estados Unidos, a Amazon lançou em 2018 as lojas Amazon Go na cidade de Seattle, no estado de Washington, que funciona com tecnologia semelhante. Hoje, são 29 pelo país.

Tanto a ideia da Ame Go quanto da Amazon é de proporcionar experiências de compras sem fricção. Esse termo se refere a cada parada ou necessidade de ação exigido durante uma compra, que atrasam e interrompem o cliente durante a jornada.

Via: Exame

Últimas Novidades
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram