Aprenda usar a psicologia das cores no seu Site ou Loja Virtual

Aprenda um pouco mais sobre como usar a psicologia das cores e como elas podem influenciar a sua loja e site.

As cores estão presentes em todos os aspectos de nossas vidas, e elas nos influenciam tanto a ponto de nos despertarem emoções. Sabendo disso, vários segmentos, tais como publicidade, moda, decoração e outros utilizam a psicologia das cores (o estudo sobre como nosso cérebro vê e sente as cores) para atrair e transmitir sua ideologia aos consumidores. No nosso artigo, você vai aprender um pouco mais sobre como usar a psicologia das cores para Criação de Sites ou Lojas Virtuais.

Veja Também: Tabela de Cores Hexadecimal e RGB 

Lembra que você escolheu a cor da roupa para o Ano-Novo? Pois é, aqui você também precisa escolher uma cor, ou mais de uma, que melhor representará sua loja e que transmitirá o sentimento associado à ela.

5 Dicas de como vender muito no Facebook

Para ajudar você a entender melhor tudo o que diz respeito à cores, paletas, uso, etc., vamos escrever uma série de artigos sobre o tema. E por quê uma série? Simples: temos muuuita informação para compartilhar! Fique de olho, pois em breve atualizaremos esse post linkando os próximos.

  1. Um pouco de História

O estudo da Psicologia das Cores é sério, não é balela não! Tudo começou com Sir Issac Newton em 1666, quando ele descobriu que a luz branca, quando passada por um prisma, criava outras cores (primárias), e essas, quando misturadas, criavam outras mais (as secundárias).

Mais tarde, em 1810, o cientista alemão chamado Johann Wolfgang Von Goethe escreveu o livro Teoria da Cor, que explica que a visualização da cor não depende somente dos aspectos de origem Física, tais como a luz e o ambiente, mas também da nossa percepção individual. Esse estudo influenciou diversos artistas da época e tornou-se largamente conhecido no mundo da arte.

  1. E o que isso tem a ver com minha loja virtual?

A cor está ligada ao sentido da visão, por isso, é um estímulo que vai direto ao nosso cérebro e provoca uma reação imediata, seja ela boa ou ruim.

Apesar da percepção dos tons das cores ser subjetiva a cada ser humano, em geral cada cor possui um significado que pode ser aplicado de forma ampla. Por exemplo, o azul transmite a ideia de calma, o laranja é energia.

É claro que é impossível agradar a todos, mas vale a pena tentar!!

Um bom truque também é usar uma paleta de cores (com bom gosto é claro!) e obter um resultado realmente bonito e agradável aos olhos e ao subconsciente. Exemplo: uma combinação da variação de tons de azul, do mais forte ao mais suave, transmite calma e serenidade.

cores da vida real

Foto por Matthias Uhlig

PS: usamos uma foto para mostrar que essas variações e combinações acontecem também na vida real 😉

  1. Cuidados com “color blindness”

Hum… E quanto aos daltônicos? Eles também consomem, certo? Como escolher uma cor que os atraia se eles têm dificuldades em distinguir algumas cores e confundem principalmente o verde e o vermelho.

Resposta: preto e cinza também são cores, lembra? E são cores que transmitem muitos aspectos positivos, como poder, mistério, nobreza, elegância e intelectualidade.

Veja os exemplos da Apple e da Nike, são marcas de muito sucesso e que não possuem cores berrantes, mas conseguiram se destacar.

Uma dica sobre o cinza: se for aplicado como fundo de um texto escrito em branco, como por exemplo o nome de sua loja, é melhor que o cinza seja em tom escuro (mais detalhes nos próximos artigos, tá?).

É claro que você não precisa necessariamente ficar no preto e cinza para tentar transmitir a mesma mensagem para a maioria. Há uma infinidade de cores e outros tons que podem ser usadas para atingir o objetivo final. Sem problemas!

  1. Significados das cores

psicologia das cores

  1. Paletas de cores

O que são, afinal de contas, “paletas de cores”? A resposta técnica é “Paletas de cores são tabelas matemáticas utilizadas no sistema de cor indexada. Elas definem as cores utilizadas pelos pixels apresentados na tela através de índices associados às componentes RGB da cor.”

Aff… E na prática, o que isso quer dizer? É uma espécie de tabela que contém diversas cores, normalmente agrupadas por tons ou “por afinidade”. Note que a afinidade não é necessariamente de cores parecidas, mas de cores que “ficam bem” juntas. Quer um exemplo? Já pensou em combinar roxo com verde claro? Parece que não vai ficar lá grande coisa! Veja o resultado aplicado em uma tela de aplicativo para celular (preste atenção na estrelinha verde):

psicologia das cores paleta

Essa é a paleta completa gerada para essas duas cores (vamos falar da ferramenta que usamos para gerar daqui um pouco):

psicologia das cores paleta 2

Tá, tá, pode ser que você ainda não goste da combinação, mas que dá para fazer funcionar, concorda que dá, certo?

Como regra geral, evite muitas cores ou pesar a mão em deixar tudo colorido. Cor demais é informação demais. E isso cansa, especialmente os clientes que você está querendo atrair.

  1. Ferramentas para montar paletas de cores

Agora que entendemos melhor o que é uma paleta de cores, nada melhor que umas dicas de ferramentas para facilitar a vida na hora de montar a paleta da sua loja, certo? Então aí vão algumas, infelizmente quase todas em inglês:

Paletas prontas do Adobe Color CC: O Adobe Color é uma senhora ferramenta para montar suas próprias paletas de cores ou usar paletas prontas. Há muitas e muitas prontinhas para usar. Você pode ver todas, as mais populares, as mais usadas ou aleatoriamente. As “mais” (populares e usadas) também podem ser “subfiltradas” por semana, mês e ano.

Adobe Color: essa é a “casa” das paletas da dica anterior. Nessa ferramenta, você pode montar as paletas usando regras de cores análogas, monocromáticas (variações da mesma cor), tríade, complementares, compostas, compostas e variações (um pouco diferente da regra monocromática). Se não estiver satisfeito, há também uma opção “sem regra”, ou seja, customizada. Ah, tem um negócio muito legal: você pode gerar uma paleta de cores a partir de uma imagem. Lá você pode escolher um “color mood” (algo como o “humor” da cor). Fizemos um teste com essa imagem:

logo-minestore-transp

A paleta gerada com o “color mood” brilhante foi essa:

psicologia das cores paleta 3

E olha essa com o “mood” profundo (“deep” na ferramenta):

psicologia das cores paleta 4

Viu só como uma ferramenta cheia de funcionalidades ajuda?

Material Design Palette: gostamos muito dessa ferramenta também. Você escolhe duas cores quaisquer e recebe uma paleta com essas cores e combinações que ficam lindonas. Aqui você encontra uma lista das cores do Material Design. Para quem não sabe o que é Material Design, trata-se de uma “linguagem” de design desenvolvida pela Google (essa você conhece, certo?).

Gostamos de muitas outras ferramentas para gerar paletas de um jeito fácil, mas achamos que essas são as legais da nossa listona 😉

  1. Mais cor, por favor!

Não basta simplesmente simpatizar com uma determinada cor, você deve estudar qual a ideia que quer transmitir. Qual tem mais a ver com o espírito de sua loja. Ela é exuberante, relax ou descolada? Estude qual cor transmite a ideia.

Sabendo que somos seres altamente influenciáveis, abuse e use desse recurso para chamar a atenção do seu consumidor quando for escolher ou alterar a paleta de cores de sua loja.

Você lembra qual é a cor usada pela C&A? Renner? Marisa? Americanas? Lembra, claro! Pois é, utilizando o estudo da Psicologia das Cores, você dará uma personalidade à sua loja virtual e, depois que os consumidores estiverem influenciados, também lembrarão da “sua cor”!

Via: minestore

,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *